domingo, 26 de novembro de 2017

sessenta e nove



sessenta e nove
agora nunca mais verás de tudo o que ainda sei na república dos fundos o número é apenas 69 nas entre minhas das paredes e o cavalo que pasta entre as cercas de arames farpados e o muro que separa duas famílias em casas  abandonadas  das sagradas escrituras de São Sebastião do sacramento onde aline ainda procura por ali o amor que um dia fui

Artur Gomes



Nenhum comentário:

Postar um comentário